Notícias

Carne de frango: embarques de agosto permanecem no ritmo de meses anteriores

Se mantiverem, neste e no próximo decêndio, o mesmo desempenho registrado no decêndio inicial do mês, as exportações de carne de frango de agosto corrente não apresentarão maiores novidades em relação aos meses anteriores.

Entre 1 e 10 de agosto (sete dias úteis de um total de 22 dias úteis), os embarques diários ficaram em pouco mais de 16.944 toneladas, volume que representa incremento de 9,09% sobre o mês anterior (15.532 t/dia em julho último) e de 5,77% sobre o mesmo mês do ano passado (16.021 t/dia em agosto de 2018).

Seriam resultados ótimos não fosse o fato de agosto corrente ter um dia útil a menos que os outros dois meses citados. Ou seja: o total mensal não vai apresentar os mesmos índices de evolução dos embarques diários.

Em função disso, o volume projetado a partir do desempenho registrado no primeiro decêndio do mês – 118,6 mil toneladas, resultado que sugere, para a totalidade do mês, algo próximo das 373 mil toneladas de produto in natura – se encontra apenas 4% e 1% acima do que foi alcançado em julho/19 e em agosto/18.

Pouco alvissareiro, também, é o preço médio registrado nos primeiros sete dias de embarques de agosto: US$1.664,39 por tonelada. Pois ainda que esteja mais de 8% acima do valor registrado há um ano (US$1.536,04/t), o preço registrado voltou a retroceder em relação ao mês anterior e, por ora, apresenta redução de 1,28% (US$1.686,00/t em julho último).

De toda forma ressalve-se – em relação ao volume mensal – que embora o ritmo de evolução dos embarques continue sendo lento (frente às perspectivas otimistas traçadas para o mercado externo), o total ora apontado, se confirmado, corresponderá (ainda que por diferença mínima) ao melhor resultado dos últimos 13 meses.