Notícias

Exportações de carne de frango alcançam 90% do faturamento de junho/20 em 13 dias úteis

Segundo informações da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia, as exportações de carne de aves in natura na terceira semana de junho aumentaram em relação a junho/20 e também no comparativo com a segunda semana do mês.

Para o analista da SAFRAS & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, o movimento para a proteína é impressionante, pelo fato que, desde 23 de maio, passou a valer a suspensão de 11 frigoríficos habilitados a exportar para a Arábia Saudita, o segundo maior comprador da carne de frango brasileira. “Ao que tudo indica, o movimento de exportação para a carne de frango deve seguir forte já que o preço da carne brasileira é competitivo, mesmo com a atual variação cambial”, afirmou.

A receita obtida até agora neste mês, US$ 367,3 milhões, representa 90,3% do total obtido em junho de 2020, com US$ 406,5 milhões. No volume embarcado, 227.102 toneladas, ele é 71% do total exportado em maio do ano passado, com 319.420 toneladas.

A receita por média diária, US$ 28.260, foi 45,99% maior do que a de junho do ano passado. Em comparação à semana anterior, avanço de 4,2%. Em toneladas por média diária, com 17.469 toneladas, houve aumento de 14,85% no comparativo com o mesmo mês do ano passado. No preço pago por tonelada, US$ 1.617 ele é 27,11% superior ao praticado em junho do ano passado. Em relação ao valor registrado na semana anterior, houve alta de 1,9%.

AGÊNCIA SAFRAS

XV SIMPÓSIO

COTAÇÕES