Notícias

Desempenho do frango (vivo e abatido) na 25ª semana de 2021, quarta de junho

Como é típico em todo terceiro decêndio do mês, na quarta semana de junho, 25ª de 2021, o frango abatido perdeu preço em relação à semana anterior, mas em nível mais moderado que o de uma semana antes. Ou seja: enquanto o valor de fechamento da terceira semana recuou cerca de 2% em relação ao fechamento da segunda semana, nesta última a queda foi pouco além de 1%.

Já o frango vivo continuou imune à queda de demanda enfrentada, igualmente típica nesta época, mantendo a cotação recorde alcançada logo no início da segunda quinzena. Mas não só isso, pois o mercado permaneceu firme, demonstrativo de que a disponibilidade continua restrita no mercado independente.

Com a chegada de novo mês, as quedas enfrentadas pelo frango abatido devem cessar e um novo ciclo de altas começar. Nos últimos quatro meses, o pico de preços do mês evoluiu a uma média mensal superior a 6%. Se esse ritmo se mantiver, em julho será alcançada a marca dos R$7,00/kg.

Com a demanda retomada, o mercado da ave viva também deve se aquecer. Mas ainda que venham a ocorrer, os reajustes de preço devem ser mais comedidos que nos meses anteriores.

Fonte: AviSite

XV SIMPÓSIO

COTAÇÕES